Banner Record
Banner Tropical
DEU NO MIDIAJUR

Ação de ex-esposa: Justiça bloqueia R$ 647 mil do Cuiabá EC

Magistrado determinou inclusão de Cristiano Luiz Dresch nos órgãos de proteção de crédito

Raul Site

Raul SiteSite de notícias de Rondonópolis e Mato Grosso - Jornalismo Online | Diretor Raul Félix Site.

24/07/2021 11h49
Por: Raul Site Félix
Fonte: Raul Felix - www.jornalmt.com.br | www.anoiteafora.com.br
MIKHAIL FAVALESSA
DO MIDIAJUR

O juiz Jeverson Luiz Quintieri, da 2ª Vara Especializada de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de Cuiabá, determinou o bloqueio de R$ 647,4 mil em quotas do Cuiabá Esporte Clube que pertencem ao empresário Cristiano Luiz Dresch.

 

O valor equivale a todas as quotas que o empresário possui do time, que correspondem a 24% do capital social do Cuiabá.

 

O empresário é alvo de uma ação de alimentos movida pela ex-esposa, com quem tem filhos.

 

A decisão é de 15 de julho e, na quarta-feira (21), foi procedida a penhora das quotas.

 

De acordo com a decisão, houve tentativa de bloqueio das contas do empresário por meio do Sisbajud, mas teve “resultado ínfimo da penhora on-line”.

 

Além disso, o único veículo em nome de Dresch que consta no sistema Renajud já possui restrição judicial, em razão de outro processo.

 

“Expeça-se ofício para a Junta Comercial do Estado de Mato Grosso para penhora das quotas sociais do executado na empresa Cuiabá Esporte Clube, inscrito no CNPJ sob o nº 04.847.144/0001, até o limite de R$ 647.496,40 (seiscentos e quarenta e sete mil, quatrocentos e noventa e seis reais e quarenta centavos)”, diz trecho da decisão.

 

O juiz Quintieri determinou ainda a inclusão do nome do empresário nos órgãos de proteção de crédito, como Serasa, e também a expedição de certidão do débito para protesto.

 

Segundo apurou a reportagem, o empresário passou por um divórcio tumultuado, que tramita na Vara de Violência Doméstica de Cuiabá.

 

Ele saiu devedor de valores significativos, que, na sentença, foram reconhecidos em R$ 647,4 mil.

 

As tentativas de bloquear valores das contas e também bens em nome de Dresch ocorrem há cerca de três anos, de acordo com uma fonte ouvida.

 

O advogado Jorge Jaudy, que faz a defesa da ex-esposa de Dresch, foi procurado e disse que não daria declarações a pedido de sua cliente.

 

A reportagem procurou também a defesa de Cristiano Dresch, por ligações telefônicas e mensagens no WhatsApp, mas não houve resposta.

 

Outro lado

 

A reportagem do MidiaNews entrou em contato com o empresário para saber sua posição sobre a decisão da Justiça. No entanto, Cristiano alegou que nem ele e nem sua defesa tinham conhecimento sobre o bloqueio e preferiu não se manisfestar sobre o assunto.

 

"Não estou sabendo disso ai [do bloqueio]. Não fui notificado de nada, não tenho ciência do assunto", afirmou.

 

"Parece que vocês [a imprensa] tentaram entrar contato com ela [advogada], mas ela também não foi notificada de nada. A gente não tem informação nenhuma do processo, não tem como falar nada. Nem sei do que se trata isso", finalizou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Rondonópolis - MT
Atualizado às 07h26
23°
Poucas nuvens Máxima: 42° - Mínima: 22°
23°

Sensação

9.8 km/h

Vento

19.9%

Umidade

Fonte: Climatempo
Faculdade Fasip
Malay Hotel
Defesa da mulher
Municípios
Banner Sessão Esportes
Últimas notícias
Banner Sessão Entretenimento
Mais lidas
Banner lateral interna posição 4
Ine3xa posição 5