Banner Tropical
Banner Record
LUTO

“Meu pai descansou’, diz vereador Reginaldo Santos sobre morte do pioneiro Manoel

Manoel Santos Souza tinha 68 anos e era de uma família com história na política de Rondonópolis; o velório está previsto para começar à partir das 18 horas

Raul Site

Raul SiteSite de notícias de Rondonópolis e Mato Grosso - Jornalismo Online | Diretor Raul Félix Site.

02/04/2021 20h53
Por: Raul Site Félix
Fonte: www.agoramt.com.br | Por Eduardo Ramos

O vereador Reginaldo Santos se manifestou nas redes sociais sobre o falecimento do pai dele, o pioneiro Manoel Santos Souza – ocorrido hoje (02). Numa postagem emocionada, o parlamentar disse estar tomado pela dor e reafirmou a admiração pelo exemplo público do pai.

“A palavra é agradecimento, gratidão a Deus. Meu pai descansou, um grande homem, exemplo de marido, de pai, de profissional e de ser humano.  Viveu para a família e servindo as pessoas. A dor é grande, maior é o meu orgulho de poder ter convivido, vivido junto com meu herói, guerreiro, amigo e pai” disse o vereador.

Reginaldo também disse que cuidará da mãe, dona Iracema, e tudo fará para honrar a memória do pai e amigo. “Vai em paz guerreiro, por enquanto estamos aqui, vamos cuidar da mãezinha, dos meus irmãos e dos seus netos. Prometo que seguirei em frente sempre te honrando”, declarou numa postagem no Facebook.

Manoel Santos Souza tinha 68 anos e era uma das pessoas mais conhecidas no meio político de Rondonópolis. Nascido e criado na Vila Operária, maior distrito de Rondonópolis, era filho do ex-vereador Rozendo Ferreira de Souza, que esteve na Câmara Municipal por três legislaturas (1955/1958, 1973/1976 e de 1977 à 1982).

Ele sempre foi uma pessoa muito querida e tornou-se uma liderança importante na região. Seu Manoel, como era conhecido, teve também um papel fundamental no sucesso eleitoral do filho Reginaldo – que exerce atualmente seu quarto mandato como vereador.

O pioneiro foi encontrado morto hoje na casa onde vivia. O velório está previsto para ocorrer à partir das 19 horas na capela da União Familiar, na Vila Operária.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.