Banner Tropical
Banner Record
VEJA MEDIDAS

Governo edita novo decreto e "fecha tudo" a partir das 19h

Conforme decreto, aos sábados a proibição será após o meio-dia e aos domingos nenhuma atividade será permitida

Raul Felix

Raul FelixSite de notícias de Rondonópolis e Mato Grosso - Jornalismo Online | Diretor Raul Félix Site.

01/03/2021 13h33
Por: Raul Site Félix

O governador de Mato Grosso Mauro Mendes (DEM) anunciou novas medidas restritivas que visam frear o contágio da covid-19 no estado.

 

A principal delas diz respeito a proibição de todas as atividades econômicas das 19h às 5h de segunda a sexta. Aos sábados a proibição será após o meio-dia e aos domingos, nenhuma atividade será permitida.

 

A exceção fica por conta das farmácias, serviços de saúde, funerárias, postos de gasolina (exceto conveniências) e indústrias. 

 

Ainda ficou estabelecido toque de recolher após às 21h (veja todas as normas ao final da matéria). 

 

O decreto foi assinado pelo governador Mauro Mendes nesta segunda-feira (1º), após reunião com os Poderes, instituições e prefeitos dos 141 municípios. 

 

As medidas são impositivas para todo o estado e valem para os próximos 15 dias. As regras podem ser prorrogadas, endurecidas ou flexibilizadas, conforme o resultado obtido. 

 

"Temos acompanhado o crescimento da pandemia de perto e o estrangulamento das UTIs. Por isso, somente em janeiro e fevereiro deste ano e agora no início de março, já abrimos 90 novos leitos de UTI para reforçar a nossa estrutura. Somos o estado que mais testa no Centro-Oeste por 100 mil habitantes. Distribuímos as vacinas e estamos tentando comprar de forma direta. O Governo está fazendo tudo o que pode, mas precisamos da ajuda da população para diminuir a circulação do vírus e essas internações", afirmou o governador. 

 

O Governo está fazendo tudo o que pode, mas precisamos da ajuda da população para diminuir a circulação do vírus e essas internações

Confira as novas medidas: 

 

- De segunda à sexta, proibição de todas as atividades econômicas das 19h às 5h. Aos sábados, a proibição será após o meio-dia. Nos domingos, nenhuma atividade será permitida. A exceção fica por conta das farmácias, serviços de saúde, funerárias, postos de gasolina (exceto conveniências) e indústrias. 

 

- Nos horários permitidos, as atividades econômicas deverão respeitar as medidas de segurança, como o uso de máscara, distanciamento e limitação de 50% da capacidade máxima do local. 

 

- Os serviços de entrega por delivery seguem autorizados até às 22h

 

- O transporte coletivo e congêneres (Uber, 99, etc) podem funcionar normalmente. 

 

- Toque de recolher a partir das 21h até às 5h, com proibição de circulação. 

 

- Projeto de lei que prevê multa a pessoas físicas e às empresas que descumprirem as normas, bem como notificação à Polícia Civil e Ministério Público. 

 

- Nos órgãos públicos estaduais, fica suspenso o atendimento presencial em todas as secretarias e órgãos do governo, com exceção das unidades finalísticas. Quanto a jornada de trabalho, cada secretaria/autarquia vai disciplinar medidas para redução do fluxo de pessoas.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.