Banner Tropical
Banner Record
"SUMIÇO DE VACINA"

Mendes diz que deputado mente e pede que AL tome providência

"Ganha R$ 100 mil por mês para defender o cidadão e fica mentindo", disse o governador

Raul Site Félix

Raul Site Félixwww.jornalmt.com.br | www.anoiteafora.com.br é um portal sobre notícias e entretenimentos. O empreendimento surgiu de uma ideia do diretor (Raul Félix) no ano de 2010, de se fazer um portal sobre notícias, entretenimento, cultura, Enquetes, Política, Educação, Esportes, Polícia, festas, shows e eventos.

03/02/2021 09h02
Por: Raul Site Félix
Fonte: https://www.midianews.com.br/
THAIZA ASSUNÇÃO
DA REDAÇÃO

O governador Mauro Mendes (DEM) pediu, na tarde desta terça-feira (2), que a Assembleia Legislativa tome providências contra o deputado Ulisses Moraes (PSL).

 

Conforme o governador, o parlamentar “mentiu descaradamente” ao acusar o Governo de “sumir” com mais de 30 mil doses da vacina Coranavac em Mato Grosso.

 

Pela manhã, durante abertura dos trabalhos legislativos de 2021, Mendes já havia criticado, sem citar nomes, membros da Assembleia Legislativa que estariam espalhando notícias falsas sobre a atual gestão.

 

Ele está ganhando altos valores com dinheiro público para ficar mentindo descaradamente

Logo depois, Ulisses declarou, por meio de nota (leia abaixo), que denunciou o caso à Polícia Federal e para o Ministério Público e afirmou, que caso seja confirmado o sumiço das doses, o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, tem que ir para a cadeia.

 

“E se comprovar que ele está mentindo, a Assembleia vai ter coragem de processar esse rapaz? Ele está ganhando altos valores com dinheiro público para ficar mentindo descaradamente. Deputado não pode mentir assim não, gente. Tem que parar com essa pouca vergonha, essa hipocrisia”, rebateu Mendes durante entrega de fardas e armamento para as forças de segurança do Estado.

 

“Eu não tenho capacidade de sancionar nenhum deputado, mas eu tenho a capacidade de, pelo menos, instigar os seus pares a tomarem providências, senão, aquilo vira uma casa de mentirosos, porque se um mente e ninguém faz nada, todo mundo pode mentir”, acrescentou o governador.

 

Mendes voltou a explicar que as mais de 30 mil doses da vacina estão guardadas na Secretaria de Estado de Saúde e são referentes à segunda dose da Coronavac e serão distribuídas aos municípios em breve.

 

“Meu Deus do céu! A gente trabalha com seriedade e é duro ter que gastar tempo para desmentir mentiras. Não vou chamar nem de fake news, é mentira descarada mesmo. E aí eu instigo a nossa Assembleia Legislativa, para preservar a  moral da Casa, porque alguém não pode mentir descaradamente assim”, disse.

 

“É triste e lamentável que diante de tanta coisa séria, verdadeira, honesta para trabalhar tem que perder tempo com mentiras de alguém que ganha quase R$ 100 mil por mês para poder defender o cidadão e fica mentindo para o cidadão. Mas mentira tem perna curta e espero que a Assembleia tenha dignidade de se posicionar sobre isso”, pontuou.

 

Leia a nota do deputado Ulisses Moraes: 

 

Nota do deputado Ulysses Moraes sobre declaração do Secretário de Saúde de Mato Grosso e Governador :

 

“Lamentável as ofensas pessoais por parte do Secretário de Saúde. Cumpro com a função para qual fui eleito de fiscalizar. No caso das vacinas, o governador e o secretário apenas falaram e eu apresentei documentos confeccionados por eles mesmos que provam a falha. A mim cabe fazer o questionamento por dever de ofício, quanto ao governo tem a obrigação de responder. Importante destacar que este é um assunto de tamanha gravidade porque há erros, e esses estão nos relatórios oficiais do governo, erro gravíssimo de aritmética, pois a matemática não fecha, portanto, se há incompetência e microcérebro esse é de quem confeccionou e assinou os relatórios, que é no caso o próprio secretário. Como o governador não apresentou nenhum documento sobre, eu denunciei para a Polícia Federal e para o Ministério Público. O secretário vai ter que explicar, se foi falha ou corrupção, se foi corrupção ele tem que ir pra cadeia”.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.