Banner Tropical
Banner Record
TROCA

Instituto Voice Pesquisas ouviu 600 moradores de Cuiabá e Várzea Grande sobre a decisão do Governo do Estado de trocar o modal

75% concordam com BRT; VLT é ligado à corrupção” e “roubalheira”

Raul Felix

Raul Felixjornal Mt | A noite afora é um portal de notícias e entretenimentos. A ideia surgiu do diretor (Raul Félix) de se fazer um portal sobre notícias, entretenimento, Enquetes, Política, Educação, Esportes, Polícia, Saúde, shows, eventos.

28/01/2021 11h05
Por: Raul Site Félix
Fonte: https://www.midianews.com.br/
THAÍZA ASSUNÇÃO
DA REDAÇÃO

Um estudo feito pelo instituto Voice Pesquisas revelou que 75% dos cuiabanos e várzea-grandenses concordam com a decisão do Governo do Estado de trocar o VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) pelo BRT (Ônibus de Trânsito Rápido).

 

A pesquisa revela, também, que 48% da população associam o VLT à “corrupção”34,7% à “roubalheira” e 8,2% à “incompetência”. Apenas 3,7% ligam o VLT a “respeito ao dinheiro público” e 0,8% a “eficiência”.

 

As obras do modal, iniciadas em 2014 na gestão de Silval Barbosa, e que já consumiram mais de R$ 1 bilhão, também é associado a outras citações negativas, como “dinheiro jogado no lixo”, “destruição das vias públicas”, “transtorno para a população”e “vergonha para Mato Grosso”.

 

 

VLT também é associado a“dinheiro jogado no lixo”, “transtorno para a população”e “vergonha para Mato Grosso”

A pesquisa foi feita entre os dias 21 e 23 de janeiro, e ouviu 600 moradores dos dois municípios. A margem de erro é de 4%, para mais ou para menos.

 

O estudo aponta que a percepção sobre corrupção envolvendo a licitação do VLT também é elevada.

 

Um total de 50% dos entrevistados disse que sabe que empreiteiras que venceram a licitação pagaram propina de R$ 18 milhões para o grupo de Silval Barbosa.

 

Os gastos com as obras paradas há 6 anos também são de conhecimento público: 80% disseram que sabem que já foram investidos R$ 1 bilhão dos cofres do Estado com o VLT.

 

Outros 89% dos entrevistados afirmaram que sabem que os 40 vagões comprados na gestão do ex-governador Silval Barbosa estão se deteriorando a céu aberto, em um pátio, em Várzea Grande.

 

Veja:

 

lembrança

 

Conhecimento sobre BRT

 

Mesmo sendo considerada ainda uma novidade, já há um nível de conhecimento relativo sobre as características do BRT: 40% sabem, por exemplo, que as obras do BRT custarão R$ 340 milhões a menos que as do VLT.

 

Outros 50,2% sabem que os ônibus do BRT serão elétricos e não poluentes.

 

E 27,7% dos entrevistados disseram que sabem que as obras do BRT deverão ser concluídas em 2 anos.

 

Um percentual considerado, de 48% dos entrevistados, disse que tem conhecimento que o Governo do Estado acionou a Justiça para que o consórcio VLT devolva quase R$ 700 milhões aos cofres de Mato Grosso, e recolham os vagões entregues.

 

A pesquisa ouviu usuários e não usuários do sistema público de transporte, sendo que 68% dos entrevistados são moradores de Cuiabá e 32% de Várzea Grande. O intervalo de confiança do estudo é de 95%.

 

Veja:

 

concordo
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Rondonópolis - MT
Atualizado às 20h04
28°
Muitas nuvens Máxima: 35° - Mínima: 22°
29°

Sensação

0.9 km/h

Vento

57.5%

Umidade

Fonte: Climatempo
Malay Hotel
Liga gas roo 01
inexa 2
Vieira
Adsense Sessão Política inexa
Municípios
Banner Sessão Esportes
Últimas notícias
Banner Sessão Entretenimento
Mais lidas
Banner lateral interna posição 4
Liga Gas Roo
Adsense lateral interna posição 5