Banner Tropical
Banner Record
lesão

Brasil é superado pela Hungria em jogo marcado por lesão de Toledo no Mundial de handebol

O Brasil sofreu sua segunda derrota no Mundial masculino de handebol do Egito. Nesta quinta-feira, os brasileiros foram superados por uma consistente

21/01/2021 14h52Atualizado há 4 meses
Por: Raul Site Félix

O Brasil sofreu sua segunda derrota no Mundial masculino de handebol do Egito. Nesta quinta-feira, os brasileiros foram superados por uma consistente Hungria, que dominou todo o jogo e venceu por 29 a 23. A seleção brasileira perdeu também o lateral direito José Toledo, que sofreu uma lesão no joelho esquerdo no meio do primeiro tempo e teve de deixar a quadra de maca.

José Toledo sofre lesão no Mundial de handebol — Foto: REUTERS/Khaled Elfiqi

José Toledo sofre lesão no Mundial de handebol — Foto: REUTERS/Khaled Elfiqi

Com o resultado, o Brasil fica com apenas um ponto em três jogos válidos pelo Grupo 1 da segunda fase - empatou com a Espanha e perdeu para a Polônia. Agora só uma improvável combinação de resultados colocaria os brasileiros no top 2 da chave que avança às quartas de final. O Brasil encara a Alemanha no sábado, às 16h30 (de Brasília), e fecha sua participação contra o Uruguai na segunda-feira, às 11h30.

José Toledo sai de maca no Mundial de handebol — Foto: REUTERS/Khaled Elfiqi

José Toledo sai de maca no Mundial de handebol — Foto: REUTERS/Khaled Elfiqi

 

O lateral esquerdo Haniel Langaro foi o artilheiro do jogo, com oito gols. Também balançaram as redes os brasileiros Chiuffa (4 gols), Rogério (3), Gustavo (3), Ponciano (2), Rudolph (2) e João Pedro (1).

Haniel Langaro foi o artilheiro do jogo entre Brasil e Hungria pelo Mundial de handebol — Foto: REUTERS/Khaled Elfiqi

Haniel Langaro foi o artilheiro do jogo entre Brasil e Hungria pelo Mundial de handebol — Foto: REUTERS/Khaled Elfiqi

O jogo

A Hungria mostrou por que liderou o Grupo A. Muito eficientes no ataque, os húngaros variaram bem entre as bolas de longa distância e as jogadas com o pivô. A defesa brasileira sofreu com os pivôs húngaros durante todo o primeiro tempo. Ainda assim, o Brasil manteve igualdade no marcador graças à boa pontaria de Haniel e à precisão de Chiuffa nos tiros de sete metros. Com pouco mais de 13 minutos de jogo, Zé Toledo sofreu uma lesão no joelho esquerdo e teve de sair de maca. Aí o ataque brasileiro passou a cometer muitos erros de passe, e a Hungria deslanchou: 16 a 11.

Brasil não conseguiu parar a Hungria no Mundial de handebol — Foto: REUTERS/Petr David Josek

Brasil não conseguiu parar a Hungria no Mundial de handebol — Foto: REUTERS/Petr David Josek

 

O roteiro do jogo não mudou no início do segundo tempo, com a Hungria abrindo sete gols (18 a 11), e o Brasil cometendo muitos erros no ataque. O central João Pedro deixou o banco para iniciar uma reação. Os arremessos potentes de Haniel voltaram a entrar, e o Brasil diminuiu a desvantagem para três gols (20 a 17). Aí a Hungria pediu um tempo e voltou aos trilhos. Rapidamente os húngaros voltaram a abrir sete gols de frente (24 a 17) e administraram o placar até selar a vitória: 29 a 23.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.