Prefeitura Rondonópolis
Liga Gás topo
Contra a Covid-19.

Governador de MT formaliza intenção de adquirir vacina do Butantan.

O gestor e o chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, se reuniram com o presidente e a diretora do instituto, Dimas Covas e Cintia Lucci, na tarde desta sexta-feira (11.12). A vacina é produzida pelo instituto em parceria com a empresa Sinovac.

Raul Site Félix

Raul Site Félixwww.jornalmt.com.br | www.anoiteafora.com.br é um portal sobre notícias e entretenimentos. O empreendimento surgiu de uma ideia do diretor (Raul Félix) no ano de 2010, de se fazer um portal sobre notícias, entretenimento, cultura, Enquetes, Política, Educação, Esportes, Polícia, festas, shows e eventos.

13/12/2020 18h52
Por: Raul Site Félix
Fonte: www.jornalmt.com.br | www.anoiteafora.com.br

O governador Mauro Mendes formalizou ao Instituto Butantan a intenção de adquirir a vacina Coronavac, caso o Governo Federal não disponibilize vacina contra a Covid-19.

O gestor e o chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, se reuniram com o presidente e a diretora do instituto, Dimas Covas e Cintia Lucci, na tarde desta sexta-feira (11.12). A vacina é produzida pelo instituto em parceria com a empresa Sinovac.

Foto por: Rafael Simões/Butantan

“Formalizamos a intenção do Governo de Mato Grosso em adquirir inicialmente 500 mil doses, caso não haja a aquisição e disponibilização de vacina contra a covid-19 pelo Governo Federal. Nessa hipótese, seriam primeiramente imunizados os idosos, profissionais de saúde e grupos de risco”, relatou o governador.

Mauro Mendes explicou que tem articulado a aquisição de vacina contra o coronavírus junto ao Governo Federal, mas que é preciso “correr atrás” de todas as alternativas para resguardar a saúde da população.

“O Instituto Butantan é um organismo sério, respeitado e tem credibilidade. Conhecemos o local e tiramos as dúvidas sobre todo o processo de pesquisa e produção”, ressaltou.

Porém, o governador pontuou que só irá adquirir qualquer vacina após a devida autorização das agências sanitárias.

 

“Nossa prioridade é conseguir a vacina o quanto antes, de forma segura e com autorização da Anvisa, para imunizar os mato-grossenses contra essa doença”, completou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.