Banner Tropical
Banner Record
AGRESSÃO

Defesa nega chute e diz que advogado "encostou o pé" em médica

Vídeo de 2016 mostra Contó atingindo Laryssa Moraes, no edifício onde o casal morava, em Cuiabá

Raul Site

Raul SiteSite de notícias de Rondonópolis e Mato Grosso - Jornalismo Online | Diretor Raul Félix Site.

09/09/2020 20h47
Por: Raul Site Félix

A defesa do advogado Cleverson Contó, que é acusado de uma série de agressões físicas e psicológicas contra mulheres, negou que ele tenha chutado a médica Laryssa Moraes no elevador do prédio onde moravam.

 

Um vídeo de uma câmera de segurança do elevador flagrou o advogado atingindo a perna da mulher, em 2016.

 

Em entrevista coletiva concedida nesta quarta-feira (9), o advogado Eduardo Mahon disse que Contó apenas encostou o pé na médica.

 

“Eu vi um recorte dele encostando o pé na canela dela. Eu sou advogado de defesa, eu vi um toque”, afirmou.

 

A defesa ainda disse que esse vídeo é apenas um trecho do que realmente ocorreu naquele momento. Mahon afirmou que o vídeo completo ainda mostra a médica supostamente agredindo seu cliente com tapas, arranhões e tentando enforcá-lo.

 

“Não vi a cena de pequenos murros na cabeça do doutor Contó, que vai aparecer, não vi a cena de camisa rasgada e unhadas e tapas no doutor Contó, que vai aparecer. Não via cena de ela tentando sufocá-lo no elevador, que vai aparecer”, descreveu Mahon.

 

No entanto, essas imagens citadas não foram disponibilizadas para a imprensa.

 

Mahon revelou que irá pedir perícia do vídeo completo, além de contar com o testemunho de vizinhos.

 

Apesar dos relatos de espancamento, tentativas de estupro, ameaças e intimidações, Mahon minimizou as denúncias.

  

"[Estou] Perplexo com a coordenação para demolir a imagem do doutor Contó. Devo afirmar: caso haja comprovação de injusta agressão que não reflita uma proporcional reação à agressão, ele deve ser responsabilizado. Mas nunca por meio das redes sociais e sim por meio de um magistrado isento, equilibrado o suficiente para diferenciar o que é fato comprovado do que é uma tentativa de extorsão", afirmou. 

  

"Ainda que reconheçamos o poder das redes sociais, ainda não se criou a figura do juiz de Facebook".

  

 

Áudio

 

A defesa de Cleverson afirmou possuir um áudio que é atribuído a uma das vítimas convocando outras mulheres para testemunhar contra o advogado.

 

De acordo com Mahon, a mensagem pede para que essas mulheres procurem a Polícia mesmo sem provas e, em seguida, diz que a indenização seria repartida após o encerramento do caso.

 

“Tenho um áudio de convocação de outras mulheres para que testemunhem sem provas para participar da indenização cível. Isso, para mim, é muito sintomático”, relatou o advogado.

 

O caso

 

Laryssa e Contó começaram a namorar em 2016 e o relacionamento durou nove meses.

 

Segundo Laryssa, como mostram as imagens, ela levou um chute de Contó em junho de 2016, após ele tentar olhar o celular dela.

 

As imagens mostram que antes de entrar no elevador ela estava caída no chão, e tem dificuldades para se levantar

 

As imagens da câmera de segurança que mostram a agressão fazem parte de provas anexadas à denúncia que a médica fez em 2017 e que deu origem a uma ação na Justiça.     

Contó também é acusado de agressões por mais de 10 mulheres. Elas relataram abusos físicos, psicológicos, sexuais e patrimoniais. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.