Prefeitura Rondonópolis
Liga Gás topo
LOCKDOWN EM CUIABÁ

O secretário de Saúde de Cuiabá, Luiz Antonio Possas de Carvalho, defendeu que não seja implementado.

As prefeituras de Cuiabá e Várzea Grande enfrentam uma ação civil pública movida pelo Ministério Público Estadual (MPE) que pede o fechamento total

Raul Site Felix

Raul Site Felixwww.jornalmt.com.br | www.anoiteafora.com.br é um portal sobre notícias entretenimentos. O empreendimento surgiu de uma ideia do diretor (Raul Félix) no ano 2010, de se fazer um portal sobre notícias, entretenimento, lazer, cultura, Enquetes, Política, Educação, Economia, Esportes, Polícia, Saúde, festas, bares, casas de shows, restaurantes e eventos. E principalmente que contando com a colaboração de todos os visitantes expondo suas opiniões.

20/06/2020 17h08Atualizado há 5 meses
Por: Raul Site Félix

Sicom

O secretário de Saúde de Cuiabá, Antonio Possas de Carvalho: contrário ao lockdown

CÍNTIA BORGES
DA REDAÇÃO

O secretário de Saúde de Cuiabá, Luiz Antonio Possas de Carvalho, defendeu que não seja implementado o fechamento total do comércio e prestação de serviço, o chamado Lockdown, na Grande Cuiabá.

 

As prefeituras de Cuiabá e Várzea Grande enfrentam uma ação civil pública movida pelo Ministério Público Estadual (MPE) que pede o fechamento total nas duas cidades, em decorrência da grande incidência de casos do novo coronavírus, a Covid-19. 

 

Para o secretário, a medida mais dura não seria providencial à Grande Cuiabá, posto que alguns setores, como os bares, restaurantes e lanchonetes, foram reabertos no dia 9 de junho. Eles passaram quase 80 dias de portas fechadas.

 

“Há setores que seguram mais a biossegurança, e não seria salutar hoje serem fechados. Principalmente os que abriram há uma semana”, afirmou o secretário.



 

A declaração foi feita antes dele e o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) participarem de uma reunião no Fórum de Várzea Grande para tratar sobre a ação proposta pelo MPE.

 

“Cuiabá trouxe um estudo sanitário com todos os setores que estão ocasionando mais descontrole e os que seguram mais a biossegurança. Quem vai decidir isso é o Judiciário, depois de colocados os motivos dos municípios”, apontou Possas, sem revelar quais seriam os setores de maior descontrole.

 

Na reunião ficou decidido que até segunda-feira (22), Cuiabá e Várzea Grande deverão apresentar um decreto unificado com medidas mais restritivas à circulação de pessoas. O documento será submetido ao Judiciário, que irá decidir se acata a sugestão ou decreta o “lockdown”.

 

Vagas de UTIs

 

Possas ainda argumentou que não seriam necessárias medidas mais duras pois Cuiabá já se comprometeu com a abertura de 20 leitos de Unidade de Terapia Intensava (UTI) exclusivos para tratamento de Covid-19 no antigo Pronto-Socorro.

 

“Nós já temos a proposta para abrir 20 vagas na semana que vem, quarta [24] ou quinta-feira [25]. Se o Estado passar os 10 respiradores que prometeu, já serão 30 vagas de UTIs e isso já dará uma desafogada, uma melhorada no panorama apreensivo nesse momento”, revelou.

 

Ação do MPE

 

Os promotores de Justiça Alexandre de Matos Guedes e Andrey Ility, do MPE, ingressaram com uma ação civil pública pedindo que seja decretado o lockdown na Grande Cuiaba.

 

Se a Justiça acolher o pedido, fica proibida a circulação de pessoas, bem como a abertura de estabelecimentos comercias nessas cidades, à exceção daquelas atividades consideradas essenciais.

 

Ao longo da ação, os promotores citaram os altos índices de transmissão e mortalidade da doença, bem como a inexistência de remédio ou vacina contra o novo vírus que tem fácil contágio.

 

Um decreto publicado pelo Governo do Estado nesta semana recomendou que Cuiabá e Várzea Grande deveriam adotar o fechamento total das atividades não-essenciais, o chamado lockdown.  As duas são apontadas como cidades com “risco muito alto” de contaminação do novo vírus.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Rondonópolis - MT
Atualizado às 02h53
26°
Pancada de chuva Máxima: 37° - Mínima: 24°
27°

Sensação

10.2 km/h

Vento

51.8%

Umidade

Fonte: Climatempo
Malay Hotel
Vieira
inexa 2
Adsense Sessão Política
Liga gas roo 01
Municípios
Banner Sessão Esportes
Últimas notícias
Banner Sessão Entretenimento
Mais lidas
Liga Gas Roo
Banner lateral interna posição 4
Adsense lateral interna posição 5